Previsão do Tempo

Poucas Nuvens

24°

11°

21:41

Quinta - 19/10

AGRONEG?CIOS
Soja tem segundo dia consecutivo de altas em Chicago nesta 5ª feira

20/04/2017

 Os preços da soja continuam subindo na manhã desta quinta-feira (20) na Bolsa de Chicago. Os futuros da oleaginosa, por volta das 7h45 (horário de Brasília), trabalhavam com altas de 3,50 a 4 pontos, com o contrato maio/17 acima dos US$ 9,50 e valendo US$ 9,54 por bushel. O novembro/17, referência para a safra americana, valia US$ 9,62.

Segundo explica o analista de mercado Jack Scoville, da Price Futures Group, boa parte do suporte que vem sendo observado pelos preços nestas últimas sessões é a intensa demanda por parte dos chineses, que deveriam estar mais focados na América do Sul agora.

A compra dos chineses nos Estados Unidos é motivada pela falta de venda dos produtores do Brasil e da Argentina, que resistem aos preços baixos. No entanto, Scoville afirma ainda que a pressão da oferta sobre as cotações continua e que esse é o maior fator limitante sobre elas.

Nesta quinta-feira, o mercado também acompanha a divulgação do novo boletim semanal de vendas para exportação, que será trazido pelo USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos). A expectativa é de que os números da soja venham entre 400 mil e 800 mil toneladas. É importante lembrar, porém, que os EUA já superaram a estimativa do departamento para as exportações americanas - de 55,11 milhões de toneladas - quatro meses antes do fim do ano comercial.

Veja como fechou o mercado nesta quarta-feira:

Soja fecha a sessão desta 4ª feira com leves altas em Chicago com movimento de recuperação

Depois de baixas consecutivas, o mercado da soja voltou a subir na Bolsa de Chicago na sessão desta quarta-feira (19) e fechou com altas de mais de 4 pontos entre os principais vencimentos. O maio/17 terminou o pregão valendo US$ 9,49 por bushel, enquanto o novembro/17, referência para a safra americana, ficou com US$ 9,57.

O mercado, que nas últimas semanas se aproximou de seus patamares de suporte, encontrou espaço para um movimento de recuperação, porém, as altas ainda são bastante frágeis, segundo explicam analistas e consultores.

Em um quadro de fundamentos que ainda pressionam as cotações, principalmente com as informações sobre a oferta e uma demanda que passa a se concentrar na América do Sul, os futuros da oleaginosa são ainda pressionados pelo comportamento dos fundos.

"Os fundos passaram, rapidamente, de uma posição comprada - naquele momento em que a Argentina começou a apresentar problemas com o excesso de chuvas, isso foi em fevereiro - e de lá pra cá, tem se desfeito de posições compradas na soja e no complexo como um todo", explica Eduardo Vanin, analista de mercado da Agrinvest Commodities.

Na sequência, e ainda vendidos, os fundos começam a se atentar ainda mais às condições de clima nos Estados Unidos e o risco que há nesse momento - com tudo ainda podendo acontecer - sobre o plantio da soja, que deve ser iniciado em maio.

Portos brasileiros

A alta registrada no mercado internacional e também no câmbio influenciaram os preços praticados nos portos brasileiros nesta quarta-feira. Segundo levantamento realizado pelo economista do Notícias Agrícolas, André Lopes, no terminal de Paranaguá, o valor disponível subiu 2,34%, com a saca da soja a R$ 65,50. O valor futuro apresentou ganho de 2,29% e a saca para entrega em junho/17 fechou o dia a R$ 67,00.

O cenário também se repetiu em Rio Grande, onde a saca do produto disponível registrou valorização de 0,76% e encerrou a quarta-feira a R$ 66,00. Já o preço futuro subiu 0,91%, com a saca a R$ 66,50. No porto de Santos, a saca acumulou ganho de 1,81%, com o preço disponível a R$ 67,50.

Enquanto isso, o câmbio subiu mais de 1% e encerrou o pregão a R$ 3,1472 na venda. Ainda conforme dados da Reuters, a cena política brasileira continua no radar dos investidores. Além disso, os participantes do mercado já especulam sobre possíveis dificuldades do Governo Temer em aprovar a reforma da Previdência no Congresso Nacional.

Fonte: Portal Agronegócio




Guaranotícias


Rua Afonso Alves de Camargo, 1775 - Alto da XV - (42) 3035-8000 - Guarapuava - PR
Grupo Mattos Leão de Comunicação
© 2013 Todos os direitos reservados Criado e Desenvolvido por: